Rádio Comunidade Viva FM
Ouvir

Feira do Livro solidária ajuda editoras atingidas pelas enchentes em Porto Alegre; veja programação

Além de oferecer atividades, a Feira do Livro Reconstrói RS será ponto de coleta de doações de livros para escolas e bibliotecas comunitárias. Evento é promovido pelo Instituto Ling, onde acontece toda a programação sexta, sábado e domingo. Feira do Livro Reconstrói RS foi montada no centro cultural do Instituto Ling

Divulgação/ Instituto Ling

O setor livreiro do RS sofreu um grande impacto com as enchentes que atingiram o estado em maio. Para incentivar a compra direta de livreiros, editoras, autores e sebos gaúchos, em apoio à reconstrução do mercado editorial, o Instituto Ling promove a Feira do Livro Reconstrói RS nesta sexta-feira (14), sábado (15) e domingo (16).

📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp

Pelo menos 25 editoras do estado foram afetadas, com uma estimativa de 50 mil exemplares perdidos, afirma o Clube dos Editores do RS.

O Rio Grande do Sul já registra 175 mortes em razão dos temporais e cheias no mês de maio. A Defesa Civil ainda contabiliza 38 pessoas desaparecidas.

O evento, com entrada gratuita, oferece palestras, painéis literários, lançamentos de livros, sessões de autógrafos, shows musicais e atividades infantis. Além disso, servirá como ponto de coleta de doações de livros para escolas e bibliotecas comunitárias afetadas pelas chuvas.

"Estoques foram perdidos, autores perderam suas casas, livrarias foram alagadas. Então, esse é um convite para que a comunidade apoie esse movimento. Nós sabemos que o povo gaúcho ama livros e o quanto a literatura é importante na nossa cultura", comenta Carolina Rosado, gerente do Instituto Ling.

Cerca de 40 bancas de expositores e mais de 30 atividades paralelas estarão das 11h às 20h na sede do centro cultural da instituição, localizado no bairro Três Figueiras, em Porto Alegre.

LEIA TAMBÉM

'Livro sobrevivente': editora cria selo para edições salvas de alagamento em depósito durante a enchente de Porto Alegre

Editoras do RS perderam 50 mil exemplares de livros em enchentes, estima setor

Livros sobre meio ambiente aparecem em pilha de material encharcado de biblioteca escolar em Colinas (RS)

A entrada do público será por ordem de chegada. A distribuição de senhas começa 30 minutos antes do início das atividades.

Entre os expositores confirmados estão a Livraria Taverna, o clube de assinaturas TAG, a L&PM e a Editora Projeto, que tiveram seus estoques e estabelecimentos danificados pelas inundações. Outras editoras afetadas de diferentes maneiras, como a Palavra Bordada de Canoas, e indiretamente impactadas, como a Piu, a Zouk e a Dublinense, também participarão do evento.

Isatir Antonio e Simone, da livraria Isasul, preparam os exemplares para a feira

Divulgação/ Instituto Ling

Atividades pagas

Três atividades na programação com ingressos pagos terão toda a arrecadação destinada à reconstrução da Biblioteca Comunitária Girassol, no bairro Sarandi, fortemente afetado pela enchente. Os ingressos já estão esgotados para esses eventos pontuais. São eles:

Bate-papo literário entre a escritora Carla Madeira e a autora gaúcha Martha Medeiros. A atividade ocorre na sexta-feira, às 19h.

Oficina de Escrita Criativa, ministrada pela escritora Claudia Tajes e a psicanalista Diana Corso. Está programada para acontecer sábado, às 14h.

Peça infantil "Bichológico", baseada no livro de Paula Taitelbaum. Apresentação ocorre no domingo às 11h.

A programação completa e mais informações sobre o evento estão disponíveis no site da Instituição.

Milhares de livros e publicações foram destruídos pela enchente no Rio Grande do Sul

Vídeos: Tudo sobre o RS

NOTÍCIAS MAIS LIDAS